Como ler mais livros

O artigo de hoje é praticamente uma tradução adaptada de um artigo retirado do site noseasimbecil.com.

Você gostaria de ler em 15 minutos o que você geralmente leva uma hora?

Imagine ter tempo para ler os livros da faculdade, coisas do trabalho e o que mais interessar até 5 vezes mais rápido do que antes…

Isso é completamente possível, e você só precisa de 25 minutos do seu tempo.

 

O que você precisa para colocar em prática o que será ensinado é: um livro didático de mais de 200 páginas que podem ser mantidas abertas em uma mesa, uma caneta, um cronômetro e 20 minutos sem interrupções.

Conceitos básicos

1- Reduzir o tempo que seus olhos gastam em cada linha.

O truque é fazer pequenos saltos dentro de cada linha. Cada um desses saltos são como fotografias pequenas que coletam o conteúdo máximo no menor tempo possível. Estes saltos vão durar entre um quarto de segundo e meio e são a chave para a leitura rápida.

2- Eliminar o hábito de re-ler o que acabou de ler.

Reler faz com que você perca 30% do seu tempo de leitura. O principal motivo é que pensamos muito enquanto lemos e isso é em parte devido à leitura muito lenta.

3- Treinar seus olhos para usar a visão periférica horizontal e aumentar o número de palavras que são vistas ao saltar.

Sem treinamento, a visão predominante é a visão central que reduz em 50% o número de palavras que podem ser lidas em cada salto visual.

Primeiro passo – Conheça a sua limitação

A primeira coisa que você deve saber é qual é a sua velocidade de leitura. Leve seu livro de prática e conte as palavras em cinco linhas. Depois de ter esse número, divida-o por cinco e você terá o número médio de palavras por linha.

Exemplo: 60 palavras / 5 linhas = 12 palavras por linha .

Prepare seu cronômetro e comece a ler. Não leia mais rápido do que o habitual e tente entender o que você lê. Não tente trapacear e nem se distraia olhando o cronômetro.

Quando você terminar, conte todas as linhas que você leu e multiplique pelo número de palavras por linha que você calculou antes. Marque esse número.

Segundo passo – Referência

A releitura, o tempo em cada salto e a perda de concentração podem ser resolvidos utilizando uma referência para apontar o texto. Quando você contou as palavras e as linhas, usou uma caneta ou um dedo? Se a resposta for sim, você tem o hábito de utilizar uma referência para guiar sua leitura.

Para a nossa prática, usaremos uma caneta para cada linha que lemos. Isso nos fará manter o tempo e a atenção intactos.

1- Técnica

Pratique usando sua caneta para guiar. Sublinhe cada linha que você lê ao focalizar a ponta da caneta. Não se concentre em entender o que você lê, mas em aprender a técnica. Cada linha deve ser lida e sublinhada em no máximo 1 segundo. Leia, mas em nenhuma circunstância você gasta mais de 1 segundo por linha.

2- Velocidade

Repita a técnica enfatizando cada linha por meio segundo. Você pode não entender nada, mas está dentro do nosso plano. Sublinhe durante os 3 minutos deste exercício e não gaste mais de meio segundo em cada linha durante a leitura. Concentre-se e não deixe sua imaginação voar. É muito comum nesta parte do exercício acabar pensando em outras coisas.

Terceiro passo – Visão periférica

Se você se concentrar apenas no que você tem na sua frente, você perderá dois terços da informação.

1- Técnica

Use a caneta para pular em cada linha. Comece colocando sua caneta na primeira palavra da linha e depois leve a última palavra. Este processo não deve durar mais de 1 segundo e sua intenção é tentar capturar o máximo de palavras sempre corrigindo a ponta da caneta.

Não se preocupe com a compreensão e tente aumentar a velocidade toda vez que você vai na página.

2- Técnica

Repita o exercício novamente apontando para a segunda e penúltima palavra de cada linha.

3- Velocidade

Repita o exercício apontando agora para a terceira e terceira para última palavra de cada linha. Desta vez, você deve mudar as linhas a cada meio segundo.

É normal você pode não entender nada. Ao refinar a técnica, você vai acostumar seus reflexos a poder olhar para si mesmo e entender todas as palavras que você fotografa.

Não diminua o ritmo de uma linha a cada meio segundo durante a prática. Concentre-se na caneta e mantenha a velocidade. São apenas 3 minutos, não pense que seja um exercício eterno e não pense no que você vai usar no fim de semana. Concentrado.

Passo Quatro – Calcule seu novo número de palavras por minuto.

Comece uma nova página e leia por um minuto como você normalmente (sem canetas ou pontos de suporte) o mais rápido que puder, enquanto mantém a compreensão. Multiplique o número de linhas ao terminar o número de palavras por linha que você calculou antes e você terá seu novo número de palavras por minuto. Compare com o número anterior cercado para ver se você melhorou ou não (eu garanto que melhorou).

Parabéns. Você deu o primeiro passo para dominar a leitura ultra-rápida.

Se você deseja mais sobre esse tema tem um artigo muito interessante falando sobre isso nesse link.

 

Um abração!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *